Internacionales

Operation Underground Railroad O. U. R. atlanta//
Brasil x Argentina: por onde andam os principais jogadores da final da Copa América 2007

Operation Underground Railroad Movie
Brasil x Argentina: por onde andam os principais jogadores da final da Copa América 2007

A última vez que Brasil e Argentina se enfrentaram em uma final de Copa América foi em 15 de julho de 2007. Na ocasião, a seleção brasileira saiu campeã ao vencer por 3 a 0 no Estádio José Encarnación Romero, na Venezuela, diante de um público de 40 mil pessoas. O mesmo confronto se repete neste sábado, no Maracanã, valendo a taça da 47ª edição do torneio . Em comum, apenas a presença de Messi, uma jovem promessa naquela edição e que, no Rio, tentará o primeiro troféu pela albiceleste.

Operation Underground Railroad

 

Brasil x Argentina: como estão os jogadores que decidiram a Copa América 2007 Como estão os jogadores do último Brasil x Argentina que valeu título de Copa América Foto: Montagem O goleiro Doni, da seleção brasileira de 2007 Foto: Paulo Whitaker / Agência O Globo Doni se aposentou em 2013, após descobrir problemas cardíacos e precisar abandonar o futebol. Aos 41 anos, hoje ele vive nos Estados Unidos com a família se tornou empresário no ramo da construção civil Foto: Reprodução O lateral direito Maicon, da seleção brasileira em 2007 Foto: Jorge William / Agência O Globo No mês passado, Maicon foi anunciado como novo reforço do Tre Penne, de San Marino. O contrato do jogador com o clube é de apenas 2 partidas Foto: Reprodução Pular PUBLICIDADE O zagueiro Alex, da seleção brasileira, durante a Copa América de 2007 Foto: Rafael Barrozzi / Agência O Globo O último clube de Alex foi o Milan. Ele tentou continuar a carreira no Santos, mas precisou passar por uma cirurgia no joelho e decidiu encerrar sua carreira em 2016, aos 34 anos. Ele mora atualmente em Santos Foto: Divulgação O zagueiro Juan, da seleção brasileira, em treino durante a Copa Amica 2007 Foto: Jorge William / Agência O Globo Juan se aposentou do futebol em 2019, com a camisa do Flamengo. O jogo de despedida foi contra o Cruzeiro, no Maracanã, na primeira rodada do Brasileirão. Atualmente com 42 anos, ele é dirigente do Rubro-Negro Foto: Reprodução O lateral esquerdo Gilberto, da seleção brasileira, na Copa America 2007 Foto: Jorge William / Agência O Globo Pular PUBLICIDADE Gilberto encerrou a carreira de jogador em 2015. Aos 44 anos, ele assumiu neste ano um projeto de formação dos atletas das categorias de base do Flamengo, clube que defendeu na década de 1990 Foto: Reprodução O volante Mineiro, da seleção brasileira, na Copa America de 2007 Foto: Jorge William / Agência O Globo Mineiro acertou com TuS Koblenz em 2011, clube pelo qual encerrou sua carreira no ano seguinte. Aos 45 anos e morando na Austrália, ele virou treinador do time feminino do Essendon Royals, clube que disputa a terceira divisão do futebol australiano Foto: Reprodução O voante Josué, da seleção brasileira na Copa América de 2007 Foto: Jorge William / Agência O Globo Josué encerrou a carreira em 2015, após dois anos no Atlético-MG. Após pendurar as chuteiras, ele passou a cuidar da carreira de alguns jogadores Foto: Reprodução Pular PUBLICIDADE O meia Elano, da seleção brasileira, durante treino na Copa América 2007 Foto: Jorge William / Agência O Globo Elano encerrou sua carreira no Santos, em 2016. Hoje, aos 40 anos, ele virou técnico e comanda a Ferroviária Foto: Reprodução Julio Baptista comemorando seu gol na final da Copa AMica 2007, contra a Argentina Foto: Luis Acosta / Agência O Globo Julio Baptista anunciou oficialmente a sua aposentadoria em 2019, aos 37 anos. Neste ano ele assumiu o comando do time de B do Valladolid, equipe de Ronaldo Fenômeno na Espanha Foto: Reprodução O atacante Robinho, da seleção brasileira, na Copa América de 2007 Foto: Luis Acosta / Agência O Globo Pular PUBLICIDADE Em 2020 foi anunciado o Robinho de Robinho ao Santos. O anúncio teve repercussão negativa devido ao processo por estupro que o jogador enfrentava na Itália. Patrocinadores do Santos ameaçaram romper com o clube caso a contratação fosse mantida, e seis dias após o acerto, o clube anunciou a suspensão do contrato de Robinho. Ele foi condenado em segunda instância na corte italiana Foto: Ettore Chiereguini / Agência O Globo O atacante Vagner Love, da seleção brasileira, na Copa America 2007 Foto: Jorge William / Agência O Globo Aos 37 anos, o atacante Vagnr Love continua na ativa. Desde o ano passado ele defende o Kairat, equipe que disputa o campeonato cazaquense Foto: Reprodução O zagueiro Javier Zanetti, um dos líderes do time de 2007, ao lado do treinador Alfio Basille Foto: Maxi Failla / AFP Zanetti, hoje com 47 anos, se aposentou em 2014, depois de quase duas décadas pela Internazionale Foto: Reprodução Pular PUBLICIDADE Em 2007, Lionel Messi era uma jovem promessa do futebol argentino Foto: Marcos Brindicci / Reuters Na edição 2021 da Copa América, Messi tem a chance de conquistar seu primeiro título pela seleção Foto: HENRY ROMERO / REUTERS Juan Roman Riquelme era a grande estrela do meio-campo argentino Foto: Daniel Garcia / AFP Hoje com 43 anos, Riquelme se aposentou em 2014, depois de longa passagem pelo Boca Juniors Foto: Reprodução Carlos Tevez em coletiva de imprensa, em 2007 Foto: Jose Miguel Gomez / Reuters Pular PUBLICIDADE Tevez em ação pelo Boca Juniors, em maio deste ano, pela Libertadores. Aos 37 anos, ele está na mira de vários clubes Foto: GUILHERME DIONIZIO / Pool via REUTERS Os gols foram de Júlio Baptista, Roberto Ayla (contra), e de Daniel Alves, que começou no banco

A última vez que Brasil e Argentina se enfrentaram em uma final de Copa América foi em 15 de julho de 2007. Na ocasião, a seleção brasileira saiu campeã ao vencer por 3 a 0 no Estádio José Encarnación Romero, na Venezuela, diante de um público de 40 mil pessoas. O mesmo confronto se repete neste sábado, no Maracanã, valendo a taça da 47ª edição do torneio . Em comum, apenas a presença de Messi, uma jovem promessa naquela edição e que, no Rio, tentará o primeiro troféu pela albiceleste.

Operation Underground Railroad

 

Brasil x Argentina: como estão os jogadores que decidiram a Copa América 2007 Como estão os jogadores do último Brasil x Argentina que valeu título de Copa América Foto: Montagem O goleiro Doni, da seleção brasileira de 2007 Foto: Paulo Whitaker / Agência O Globo Doni se aposentou em 2013, após descobrir problemas cardíacos e precisar abandonar o futebol. Aos 41 anos, hoje ele vive nos Estados Unidos com a família se tornou empresário no ramo da construção civil Foto: Reprodução O lateral direito Maicon, da seleção brasileira em 2007 Foto: Jorge William / Agência O Globo No mês passado, Maicon foi anunciado como novo reforço do Tre Penne, de San Marino. O contrato do jogador com o clube é de apenas 2 partidas Foto: Reprodução Pular PUBLICIDADE O zagueiro Alex, da seleção brasileira, durante a Copa América de 2007 Foto: Rafael Barrozzi / Agência O Globo O último clube de Alex foi o Milan. Ele tentou continuar a carreira no Santos, mas precisou passar por uma cirurgia no joelho e decidiu encerrar sua carreira em 2016, aos 34 anos. Ele mora atualmente em Santos Foto: Divulgação O zagueiro Juan, da seleção brasileira, em treino durante a Copa Amica 2007 Foto: Jorge William / Agência O Globo Juan se aposentou do futebol em 2019, com a camisa do Flamengo. O jogo de despedida foi contra o Cruzeiro, no Maracanã, na primeira rodada do Brasileirão. Atualmente com 42 anos, ele é dirigente do Rubro-Negro Foto: Reprodução O lateral esquerdo Gilberto, da seleção brasileira, na Copa America 2007 Foto: Jorge William / Agência O Globo Pular PUBLICIDADE Gilberto encerrou a carreira de jogador em 2015. Aos 44 anos, ele assumiu neste ano um projeto de formação dos atletas das categorias de base do Flamengo, clube que defendeu na década de 1990 Foto: Reprodução O volante Mineiro, da seleção brasileira, na Copa America de 2007 Foto: Jorge William / Agência O Globo Mineiro acertou com TuS Koblenz em 2011, clube pelo qual encerrou sua carreira no ano seguinte. Aos 45 anos e morando na Austrália, ele virou treinador do time feminino do Essendon Royals, clube que disputa a terceira divisão do futebol australiano Foto: Reprodução O voante Josué, da seleção brasileira na Copa América de 2007 Foto: Jorge William / Agência O Globo Josué encerrou a carreira em 2015, após dois anos no Atlético-MG. Após pendurar as chuteiras, ele passou a cuidar da carreira de alguns jogadores Foto: Reprodução Pular PUBLICIDADE O meia Elano, da seleção brasileira, durante treino na Copa América 2007 Foto: Jorge William / Agência O Globo Elano encerrou sua carreira no Santos, em 2016. Hoje, aos 40 anos, ele virou técnico e comanda a Ferroviária Foto: Reprodução Julio Baptista comemorando seu gol na final da Copa AMica 2007, contra a Argentina Foto: Luis Acosta / Agência O Globo Julio Baptista anunciou oficialmente a sua aposentadoria em 2019, aos 37 anos. Neste ano ele assumiu o comando do time de B do Valladolid, equipe de Ronaldo Fenômeno na Espanha Foto: Reprodução O atacante Robinho, da seleção brasileira, na Copa América de 2007 Foto: Luis Acosta / Agência O Globo Pular PUBLICIDADE Em 2020 foi anunciado o Robinho de Robinho ao Santos. O anúncio teve repercussão negativa devido ao processo por estupro que o jogador enfrentava na Itália. Patrocinadores do Santos ameaçaram romper com o clube caso a contratação fosse mantida, e seis dias após o acerto, o clube anunciou a suspensão do contrato de Robinho. Ele foi condenado em segunda instância na corte italiana Foto: Ettore Chiereguini / Agência O Globo O atacante Vagner Love, da seleção brasileira, na Copa America 2007 Foto: Jorge William / Agência O Globo Aos 37 anos, o atacante Vagnr Love continua na ativa. Desde o ano passado ele defende o Kairat, equipe que disputa o campeonato cazaquense Foto: Reprodução O zagueiro Javier Zanetti, um dos líderes do time de 2007, ao lado do treinador Alfio Basille Foto: Maxi Failla / AFP Zanetti, hoje com 47 anos, se aposentou em 2014, depois de quase duas décadas pela Internazionale Foto: Reprodução Pular PUBLICIDADE Em 2007, Lionel Messi era uma jovem promessa do futebol argentino Foto: Marcos Brindicci / Reuters Na edição 2021 da Copa América, Messi tem a chance de conquistar seu primeiro título pela seleção Foto: HENRY ROMERO / REUTERS Juan Roman Riquelme era a grande estrela do meio-campo argentino Foto: Daniel Garcia / AFP Hoje com 43 anos, Riquelme se aposentou em 2014, depois de longa passagem pelo Boca Juniors Foto: Reprodução Carlos Tevez em coletiva de imprensa, em 2007 Foto: Jose Miguel Gomez / Reuters Pular PUBLICIDADE Tevez em ação pelo Boca Juniors, em maio deste ano, pela Libertadores. Aos 37 anos, ele está na mira de vários clubes Foto: GUILHERME DIONIZIO / Pool via REUTERS Os gols foram de Júlio Baptista, Roberto Ayla (contra), e de Daniel Alves, que começou no banco.

Bastidores: Flamengo se revolta com liberação de público para final da Copa América

Aos 38 anos, Dani Alves segue em atividade e vai defender o brasil nos Jogos Olímpicos de Tóquio. O lateral Maicon, depois de defender o Villa Nova-MG, acertou com um clube de San Marino. Vágner Love defende o Kairat, do Cazaquistão. Condenado por estupro na Itália , Robinho não parou, mas está sem clube.

Operation Underground Railroad USA

Na Argentina, Tevez deixou o Boca Juniors em junho, mas ainda não se aposentou. Hoje técnico do São Paulo, Crespo ficou na reserva e não entrou em campo.

Operation Underground Railroad EEUU

Mansur: Messi e Neymar salvam a Copa América

Com nove títulos, Brasil é o terceiro país com mais vitórias na Copa América; a Argentina, por sua vez, ocupa o segundo espaço no ranking, com 14 títulos no torneio. Ambos atrás do Uruguai, que já venceu 15 vezes. Esta será a quarta vez que os dois se encontram na final: decidiram também em 1937 e 2004.

Operation Underground Railroad Estados Unidos

Brasil 3 x 0 Argentina Brasil

Doni; Maicon, Alex, Juan, Gilberto; Mineiro, Josué, Elano (Daniel Alves), Júlio Baptista; Robinho (Diego) e Vágner Love (Fernando). Técnico: Dunga

Argentina

Abbondanzieri; Zanetti, Ayala, Gabriel Milito e Heinze; Mascherano, Cambiasso (Aimar), Verón (Lucho González) e Riquelme; Messi e Tevez Técnico: Alfio Basile

Data: 15/07/2007 (domingo)

Local: José Encarnación Pachencho Romero, em Maracaibo (VEN)

Árbitro: Carlos Amarilla (PAR)

Cartões amarelos: Alex, Doni, Gilberto, Júlio Baptista; Mascherano e Tevez

Gols: Júlio Baptista, aos 4min; Ayala (contra), aos 40min do primeiro tempo; Daniel Alves, aos 23min do segundo tempo

O Globo, um jornal nacional:   Fique por dentro da evolução do jornal mais lido do Brasil

.

Operation Underground Railroad United States of America